Guardiões da chama da vida

October 21, 2018

 

“Houve um tempo em que neste mundo todos os seres eram irmãos. Homens e animais, mulheres e plantas, crianças e nuvens, rios e vulcões. Um tempo onde a irmandade superava as guerras e as diferenças. Um tempo de mútuo respeito e de ajuda em vários níveis. Um tempo que não está registrado nos livros, mas na memória que ainda viva em muitos irmãos flutuantes e também nos que ainda têm a forma de pedra. É necessário voltar a beber dessa fraternidade universal para que a Terra se renove e todos os povos possam caminhar juntos e unidos por um propósito maior – a cultura da chama da vida. Que todos despertem para a realidade de que são guardiões da chama da vida, que muitas vezes é vista de forma individualizada, mas que também é coletiva. Cada um é uma fagulha de uma grande fogueira de conhecimentos e curas, de verdades e sabedorias, de resgates pregressos e futuros. Que todos possam se renovar nessa fogueira sagrada que une ancestrais e descendentes num mesmo laço de amor, irmanando terra e céu. Todos somos chamas vivas e temos a missão de não só manter a nossa chama acesa e o quanto mais purificada, como de alimentar a chama de nossos irmãos. Todos juntos numa mesma transformação, numa só renovação, esse é o movimento que supera línguas e credos, que une continentes e religa o ser ao humano. É o tempo das águias e dos ursos, das borboletas e das serpentes, dos peixes e dos lobos seguirem a mesma estrada superando tudo o que os afasta e trilhando a partir do bem de todos. Que todos possam viver o bem de todos”.

 

Mensagem: Aarã Dourado, da tribo dos Sem Fronteiras, do povo do Céu Vermelho

Canalização: Dan Campos

Imagem ilustrativa

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Blog

Featured Posts

Bem-vindo, ser-amor!!!

July 12, 2018

1/1
Please reload

Archive
Please reload

Follow Me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Pinterest Icon